Antônio Almeida volta a comandar a Prefeitura de Acopiara

O Prefeito Antônio Almeida juntamente com a nova Vice-Prefeita Dra. Ana Patrícia tomaram posse no fim da tarde deste domingo (1) e irão administrar o município de Acopiara pelos próximos 4 anos. A cerimônia aconteceu no Auditório do Centro Social e contou com a presença maciça da população.

Na ocasião, Antônio Almeida anunciou a sua equipe de secretariado que vai compor o primeiro escalão de sua administração: Chagas Neto (Meio Ambiente); Cícero Ramos (Cultura); Gleirton Dias (Gabinete); Jonathas Pinho (Procurador); Fábia Almeida (Ação Social); Robinho Almeida (Educação); Salete Moreira (Finanças); Francisco Teixeira (Infraestrutura) e Luciane Tavares (Saúde). O nome do novo secretário da Agricultura não foi divulgado.

Em seu discurso de posse, Antônio Almeida agradeceu os familiares que estiveram com ele em toda a jornada politica, agradeceu também a todos os partidos políticos que o ajudaram a conseguir a vitória, a sua Vice Dra. Ana Patrícia e agradeceu principalmente ao povo de Acopiara que clamou pela sua volta: “É com grande alegria e muita emoção que assumo novamente a prefeitura de Acopiara, terra do lavrador que tanto amo, e por isso a minha dedicação será total a partir de hoje, pois estarei trabalhando incansavelmente para honrar os compromissos que foram assumidos durante a campanha, no entanto sei que esse ano será de muito trabalho, de medidas austeras, mas não hesitarei em tomar as medidas enérgicas, as medidas duras e necessárias para Acopiara voltar a crescer”.

No mesmo dia pela manhã, foi realizado a eleição da presidência do legislativo acopiarense para o biênio 2017/2018, que tinha como candidatos o atual presidente Jurdan Teixeira e o candidato da atual situação Cicinho de Otaviano. O vereador Eduardo Gaspar faltou à sessão, com isso o resultado da votação ficou empatado em 7×7 e por ser o vereador mais velho, Cicinho acabou se tornando o novo presidente, com o vereador Will Almeida sendo seu vice e os vereadores Mundoca e Ricardo Costa ficando como secretários.